INTERNACIONAL

O mundo realmente é incrível. Paisagens exuberantes, lugares mágicos, sendo alguns inexplorados, que atraem cada vez mais turistas e aventureiros. E você, trilheiro, deve estar se perguntando: o que faz um espaço de viagens internacionais em um site direcionado à trilhas, caminhadas roots e de baixo custo?
Exatamente para mostrar que é, sim, possível realizar o sonho de viajar gastando muito pouco. Uma viagem internacional, por mais que possa parecer estranho, muitas vezes pode ficar mais barato que uma viagem nacional, contrariando o ‘senso comum’ do montanhista, mochileiro e aventureiro roots.
Claro que existem várias formas de se conhecer o mundo, porém, tudo tem seu preço, suas diferenças, conforto, ciladas e percalços. Partindo desse pressuposto, o turista tradicional, aquele que paga o preço para conhecer o mundo, conhecido como ‘turista de rodinhas’, adquire o pacote, vai e volta, quase sempre com rotas milimetricamente traçadas, sem a liberdade para desvios ou mudança repentina de planos.
Atrelados a um padrão turístico seguem, de mãos dadas, direcionados por guias treinados e grupos fechados, sem liberdade para fugir à regra, à trilha e, muito menos, sem a possibilidade de traçar sua própria rota. Sendo assim, se você encontrar uma atração que lhe provoque palpitação e desejo de conhecer, não vai conseguir porque o grupo está focado na rota inicialmente traçada.
E como tudo na vida tem seu preço, o turista paga o seu em troca de conforto e oportunidades. Mas isso não quer dizer que a pessoa que não tem condições de comprar tais facilidades não possa traçar seu destino, seu horizonte e conhecer um mundo, em sua visão, desconhecido. Os mochileiros aventureiros não dispõem das comodidades oferecidas pelas agências de viagens e, de posse de total independência, assimilam o atributo roots e seguem os trilhos de sua total independência, em um mundo de liberdade, surpresas e algumas armadilhas.
Mas tudo isso é assunto para ser abortado em nossas reportagens, aqui, na sua TV Trilha. Fique com a gente!
maio 18, 2018

POÁS: a 2ª maior cratera vulcânica ativa do mundo

O Vulcão Poás é um estratovulcão situado na região central da Costa Rica. Ainda ativo, o Poás possui em seu topo 2 crateras principais, sendo observadas […]
maio 18, 2018

Desbravando o Cerro Iluso

O terceiro exercício de aclimatação para o desafio Aconcágua também aconteceu em Vallecittos. Nesta trekking vou me aproximar ainda mais dos 4 mil metros de altitude. […]
maio 18, 2018

Desbravando Lomas Blancas

Esta videorreportagem é a 2ª Parte da série Aconcágua: a maior montanha das Américas. O vídeo retrata a continuação do período de aclimatação em ´Cordón Del […]
maio 18, 2018

Desbravando o Cerro Andresito – Mendoza AR

Esta videorreportagem é a 1ª Parte da série Aconcágua: a maior montanha das Américas. O vídeo retrata o período de aclimatação em ´Cordón Del Plata’, com […]
maio 18, 2018

O gigante Adolfo Calle

O 4º exercício de aclimatação, como preparo para a escalada ao Monte Aconcágua, a maior montanha das Américas, aconteceu ainda em Vallecittos, na Província de Mendoza, […]
maio 18, 2018

Desbravando o Vulcão Quetrupillan

Com 2.382 metros de altitude, o vulcão Quetrupillán é um extrato-vulcão, localizado na cidade de Pucón, no Chile. Situa-se entre os vulcões Villarrica e Lanín, dentro […]

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest